Motor Vício

Mercedes-Benz Classe A: motor turbo da Renault e suspensão por eixo de torção

4 de fev. de 2018 Categorias: , , , 0 Comentários

A Mercedes-Benz anunciou o lançamento da quarta geração da Classe A no dia 2 de fevereiro - veja aqui - e agora, divulga a grande novidade: a suspensão multilink foi alterada para eixo de torção.

Mercedes-Benz Classe A: motor turbo da Renault e suspensão por eixo de torção

A suspensão traseira por eixo de torção só será usada nos veículos com tração dianteira, ou seja, o A200 e o A180d. A suspensão dianteira continua sendo a McPherson - a mesma usada no VW Golf e no Audi A3 fabricados no Brasil.

Mercedes-Benz Classe A: motor turbo da Renault e suspensão por eixo de torção

Outra grande novidade do veículo é o powertrain: o motor da Renault 1.4 Turbo de 163 cavalos e 250 Nm de torque, associado com transmissão manual de seis marchas, ou automática de dupla embreagem 7G-DCT. 

Mercedes-Benz Classe A: motor turbo da Renault e suspensão por eixo de torção

Nas versões com tração integral ou as mais potentes do modelo, a suspensão traseira continua Multilink.

Mercedes-Benz Classe A: motor turbo da Renault e suspensão por eixo de torção

No A250, a motorização continua sendo Mercedes: quatro cilindros, 2.0 turbo com 225 cavalos de potência e 350 Nm de torque.

Mercedes-Benz Classe A: motor turbo da Renault e suspensão por eixo de torção

A suspensão traseira por eixo de torção é a melhor alternativa para veículos até 150 cavalos de potência, sem proposta de esportividade. Proporciona muito mais maciez e conta com uma manutenção muito mais em conta do que a suspensão multilink.

Seja o primeiro a comentar: