Motor Vício

Ford Ka+: nome é oficializado para designar o Ka sedã

12 de jun de 2014 Categorias: , , 0 Comentários

A Ford oficializou os nomes dos seus novos modelos compactos: Ford Ka para o modelo cinco portas e Ford Ka+ para o de quatro portas. Aguardado com muita expectativa, o lançamento acontece no segundo semestre do ano e o Brasil será o primeiro mercado a ter a nova linha global. O Novo Ford Ka e o Novo Ford Ka+ (pronuncia-se Ka mais) serão divulgados em grande estilo, no próximo domingo (15 de junho), durante o programa SuperStar, da TV Globo, que é uma das plataformas de apresentação do novo compacto da marca.

Novo Ford Ka Sedan 2015

A diferenciação dos nomes foi estabelecida para identificar os modelos da linha, que passa a contar pela primeira vez com uma opção sedã. “A nova geração do Ford Ka tem uma proposta de mercado totalmente diferente dos concorrentes diretos, desde o design, espaço interno e tecnologia. Teremos agora duas versões de carroceria que se complementam, mas com perfis de clientes específicos”, explica Andre Leite, gerente de Marketing do Produto da Ford.

Novo Ford Ka 2015

A divulgação pública no “reality show” musical da Globo será feita de uma forma bastante atrativa, envolvendo o tema do programa que é um “concurso de bandas”. Ele é um dos atuais hits da TV brasileira e o grupo vencedor será premiado com o Novo Ford Ka. O SuperStar tem sido um dos canais de divulgação desse lançamento da Ford.



Além dos nomes oficiais, o foco da comunicação no domingo será o design interno inteligente do veículo, com bancos ergonômicos e cabine espaçosa, inclusive para os passageiros de trás. O porta-malas com volume amplo para a acomodação de bagagem é outro destaque, em especial do Novo Ford Ka+, que estará entre os líderes da categoria também nesse quesito.

Novo Ford Ka 2015

Na semana passada, o tema foi a liderança do Novo Ford Ka em economia de combustível, segundo o ranking do Inmetro/CONPET. Equipado com o motor 1.0 3C Duplo Comando, de três cilindros, ele é o carro dessa cilindrada produzido no Brasil com o menor consumo de combustível e a maior potência do mercado.